Hospital Mater Dei confirmou que o disparo aconteceu em sua unidade no bairro Santo Agostinho, por volta das 7h.

“A arma estava na cintura do acompanhante de um paciente –com registro e porte – e disparou acidentalmente em direção ao chão. Os estilhaços da bala atingiram, de raspão, o tornozelo de uma médica do nosso corpo clínico, que recebeu o devido suporte. Imediatamente, a equipe de Segurança acionou a Polícia Militar e todas as providências cabíveis ao caso foram tomadas”, disse o hospital, por meio de sua assessoria de imprensa.

De acordo com a PM, o suspeito é um homem de 42 anos, que não tem autorização para o porte de arma. A pistola de onde partiu o tiro foi apreendida.

Até o fim da manhã, não havia informações sobre o estado de saúde da médica.

 Com G1