A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) recebeu, nessa terça-feira (13/10), a doação de equipamentos de informática para a ampliação do projeto Plantão Digital. O repasse foi viabilizado pelo setor produtivo mineiro, por meio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Foram entregues 30 monitores, 15 computadores, 15 microfones, 15 webcams, 15 caixas de som multimídia e 60 headsets.

Os novos materiais serão disponibilizados para o Plantão Digital nas cidades de Santa Luzia, Sabará, Nova Lima, Contagem, Betim e Ribeirão das Neves, Região Metropolitana, assim como Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo o chefe da PCMG, delegado-geral Joaquim Francisco Neto e Silva, 35 das 68 delegacias regionais de Minas já dispõem do projeto em funcionamento, além de três delegacias de comarcas. A intenção é que a iniciativa esteja implantada em 50 delegacias regionais até o fim deste ano.

Segundo Joaquim Francisco, a partir dos avanços tecnológicos, o que se busca com o Plantão Digital é diminuir as distâncias, com o uso de videoconferências na atividade de polícia judiciária, reduzir as dificuldades de vítimas, testemunhas e advogados em seus deslocamentos, além de otimizar o emprego da força de trabalho das polícias. “Sem dúvidas, a parceria da Fiemg demonstra o compromisso da indústria com a segurança pública. Um estado com melhor segurança pública é um estado vocacionado ao investimento, ao desenvolvimento e ao avanço industrial”, destaca.

Missão

Segundo Flávio Roscoe, presidente da Fiemg, atuar para garantir a segurança da população mineira faz parte da missão da Federação. “O setor produtivo está à frente de diversas ações de melhoria do bem-estar da sociedade e a doação dos kits ao projeto Plantão Digital é uma delas”, afirma o líder empresarial. “Para que o setor industrial seja próspero e competitivo, a segurança do local em que as indústrias operam, e de sua população, é essencial”, ressalta Roscoe, pontuando que a Fiemg é parceira do Governo do Estado na melhoria, em todos os âmbitos, do ambiente de negócios mineiro.

Roscoe explica que a primeira remessa de equipamentos doados pela Fiemg foi adquirida com recursos próprios e será usada para aparelhar as centrais do Plantão Digital. Logo em seguida, segundo ele, a Federação fará uma campanha junto a indústrias de todo o estado, no intuito de torná-las parceiras do projeto, de forma a garantir que o Plantão Digital alcance mais municípios mineiros, beneficiando mais cidadãos e mais empresas, com acesso à segurança pública mais ampla.

Otimização

O projeto Plantão Digital, que é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da PCMG, tem o intuito de facilitar o acesso da população à segurança pública, proporcionando mais prevenção e, como consequência, menos impunidade e mais investigação e apuração de crimes.

Segundo o delegado de polícia e gerente do projeto, Thiago Rocha Ferreira, utilizar videoconferência para que as atividades de duas ou mais delegacias de plantão sejam concentradas e dirigidas por um delegado irá permitir que o outro profissional, que estaria de plantão, seja redirecionado. “Dessa maneira, os demais policiais estarão liberados para se dedicarem às ações de investigação criminal, imprimindo celeridade e alcançando melhores resultados”, observa.

Solenidade

A cerimônia de entrega dos kits ao projeto Plantão Digital também contou com as presenças da secretária de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Luísa Cardoso Barreto; do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Rogério Greco; do superintendente de Planejamento, Gestão e Finanças da PCMG, Reinaldo Felício Lima; da secretária executiva de Segurança Pública da Sejusp, Tatiana Telles e Koeler de Matos; da assessora da Seplag, Gerlainne Romero; e do presidente da Câmara da Indústria da Defesa da Fiemg e vice-presidente da Federação mineira, René Wakil.

Texto: Fiemg (adaptado)

Fotos: Sebastião Jacinto Júnior