Convênios foram assinados pelo DER e prefeituras de Itabira e Barão de Cocais, nesta quarta-feira (03/11).

Por intermédio do deputado estadual Bernardo Mucida, foi assinado, nesta quarta-feira (03/11), o convênio, entre as prefeituras de Itabira e Barão de Cocais, o Governo de Minas e o Departamento de Estrada e Rodagem (DER), que autoriza recursos para elaboração do projeto executivo para duplicação das rodovias MG434/129 e MG436.

Para o deputado, este é o primeiro passo de uma grande luta por obras em rodovias mineiras. “Quem passa com frequência na BR-381 e nas rodovias estaduais sabe da urgência dessas obras. Além de elevar o nível de segurança, esses projetos executivos oferecem à Itabira e Barão de Cocais a possibilidade de diversificar suas economias”, explica o deputado Bernardo Mucida.
As obras esperadas há décadas pelos moradores da região irão proporcionar a viabilização do fluxo de produtos e matéria-prima desses municípios, contribuem para o desenvolvimento das cidades como polos regionais, além de agilizar o acesso à capital mineira.

Obras da MG434/129

Ao todo, a duplicação das rodovias MG 434/129 contempla 39 quilômetros de pista que interliga a BR-381 à Nova Era. De acordo com o prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, o trecho se encontra em péssimo estado de conservação, com alto grau de periculosidade, sobretudo nos acessos às estradas adjacentes e comunidades lindeiras à rodovia.

“A obra se apresenta como importante indutor ao desenvolvimento econômico e social de Itabira, pela facilidade e segurança de acesso e escoamento da produção, atraindo para toda a região investimentos geradores de emprego e renda, estratégica para o presente futuro de nossa cidade”, afirma.

Obras da MG436

A rodovia MG436 terá cerca de 20km de duplicação, trecho que liga Barão de Cocais à BR-381. De acordo com o deputado Bernardo Mucida, essa obra se juntará a uma já em execução que liga Barão à Caeté para deixar a região mais próxima à Belo Horizonte.

Segundo o prefeito de Barão de Cocais, Décio dos Santos, este documento assinado vai dar mais segurança para os munícipes. “Estamos pensando em Barão de Cocais nos próximos 40 anos. Hoje, Barão de Cocais vive um grande problema de transportar suas riquezas e isto vai mudar a partir de agora”, afirma Décio.
A expectativa é que as licitações aconteçam ainda neste ano para que os projetos sejam realizados em 2022 e, as obras, iniciadas no início de 2023. A duplicação inclui pavimentação, drenagem, sinalização e iluminação de mais de 50 km de pista.