Conforme a prefeitura, carro de luxo apreendido em operação de combate ao tráfico foi entregue como ‘presente especial no aniversário de 149 anos do município’

A cidade de Poços de Caldas ganhou um presente especial neste aniversário de 149 anos: a Rede Integrada de Proteção ao Turismo, iniciativa que envolve a Polícia Militar de Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo e a Prefeitura, além da cadeia produtiva do turismo e a comunidade em geral. A solenidade de implantação foi realizada no final da tarde deste sábado, 6 de novembro, no Parque José Affonso Junqueira, e contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, do secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, do prefeito Sérgio Azevedo, do deputado Mauro Tramonte, diversas autoridades e convidados e até mesmo com a participação ilustre do ator Marcos Frota.

A Rede Integrada de Proteção ao Turismo é mais uma ação do Programa Reviva Turismo. Entre as atividades do projeto estão a capacitação dos atores envolvidos, identificação de pontos frágeis pela Polícia Militar, em conjunto com a comunidade, instalação de placas de sinalização, além de outras condutas para a melhoria da segurança e da qualidade de vida.

Para a implantação da rede, o município precisou cumprir alguns critérios técnicos, entre eles ser turístico, integrar a política de regionalização da Secult/MG, contar com Conselho Municipal de Turismo ativo e estar cadastrado na Plataforma Integrada do Turismo.

“Os turistas escolhem uma cidade para visitar também pela segurança”, ressaltou o prefeito Sérgio Azevedo

“Uma das principais demandas de qualquer cidade é a segurança e, aqui, somos privilegiados por termos um trabalho sensacional da Polícia Militar e da Polícia Civil. Os nossos índices de criminalidade estão entre os menores do estado, graças ao trabalho de toda a corporação e através de uma grande parceria com a comunidade. Os turistas escolhem uma cidade para visitar também pela segurança”, ressaltou o prefeito Sérgio Azevedo.

O objetivo é promover a segurança pública, a cultura e o turismo e, assim, estimular a geração de emprego e renda na cidade. “Melhorar a sensação de segurança e reduzir os índices criminais, esse é nosso foco, esse é nosso papel, daí estarmos envolvidos também na parte do turismo e da cultura para tornar as cidades melhores para atrair novos investimentos”, enfatizou o comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues.

“Melhorar a sensação de segurança e reduzir os índices criminais, esse é nosso foco”, enfatizou o comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues

Segundo estudos levados em consideração pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, os destinos com mais segurança tendem a receber mais visitantes. Novamente na cidade, o titular da SECULT/MG, Leônidas Oliveira, celebrou o momento de retomada e a alegria de festejar o aniversário de Poços de Caldas. “Gratidão por termos passado esse momento, gratidão por 149 anos de uma história tão bonita dessa cidade, que é a sistemática síntese da ideia de turismo em Minas Gerais, no Brasil e, quiçá, no mundo, uma cidade que nasce para ser turismo a partir do recolhimento de suas águas. É uma cidade que tem vocação não para ser patrimônio histórico de Minas Gerais, mas patrimônio histórico do mundo pela sua forma urbanística”, destacou.

Além de secretários municipais, vereadores, convidados e integrantes da Polícia Militar, o deputado Mauro Tramonte também prestigiou a solenidade de implantação. “A patrulha integrada do turismo é de suma importância para Poços de Caldas”, pontuou.

Camaro
Poços de Caldas é a primeira cidade do Estado a contar com uma viatura especial de policiamento turístico, que irá compor a Rede Integrada de Proteção ao Turismo. O veículo da marca Chevrolet, modelo Camaro SS, aprendido em uma ação de combate ao tráfico de drogas, de uma forma inovadora no país, servirá à comunidade, além de potencializar a ostensividade e a presença policial nos principais pontos turísticos do município.

“É uma viatura especial, destinada especificamente para esse fim, assim como já acontece em diversas cidades do mundo. Ela é fora do nosso padrão e só foi possível por conta de parcerias com o nosso Ministério Público e com o Judiciário, já que essa viatura é fruto do tráfico de drogas que, agora, vai prestar um serviço à sociedade”, informou o comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues.