Agora, todo o serviço está sendo refeito. Autoridades das forças da segurança já procuram os autores do crime. Qualquer movimento suspeito deve ser comunicado à Polícia Militar pelo 190 ou Guarda Civil Municipal pelo 153.

A Prefeitura de Sete Lagoas começou a implantar a aguardada decoração natalina em pontos centrais da cidade. Tudo foi planejado para propor um clima de paz, harmonia e, lógico, fomentar o turismo local neste período de celebração. No entanto, na noite desta quarta-feira, 10, um ataque criminoso destruiu grande parte dos equipamentos instalados na Praça Dom Carmelo Mota (Praça da Feirinha). 

A decoração natalina foi anunciada pela Prefeitura a entidades de classe de Sete Lagoas no dia 14 de setembro em reunião que detalhou os projetos para o aniversário da cidade (24 de novembro) e as celebrações de fim de ano. “Teremos um ambiente mais favorável e iluminado no fim de ano. A partir do aniversário de Sete Lagoas, a cidade ficará mais feliz em uma época chave para o comércio. Ótima oportunidade para gerar emprego e renda”, comemorou Geraldir Alves, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas.

No momento que a administração municipal coloca em prática esta proposta carregada de simbolismo, ocorre esta ação de vandalismo. O prefeito Duílio de Castro visitou a Praça da Feirinha na manhã desta quarta-feira e não escondeu sua indignação pelo ato. “Hoje é um dia muito triste para Sete Lagoas. Estamos preparando a cidade para o Natal com toda esta ornamentação. Agora, encontramos esse vandalismo que não sabemos a motivação. Queremos elevar o espírito natalino neste período de menor risco da pandemia e repudiamos este crime”, comentou. 

Mesmo antes de finalizado, o projeto do local já encantava os frequentadores. Agora, todo o serviço está sendo refeito. Autoridades das forças da segurança já procuram os autores do crime. Qualquer movimento suspeito deve ser comunicado à Polícia Militar pelo 190 ou Guarda Civil Municipal pelo 153.