Em Alvinópolis, na Região Central, também registrou forte chuva à noite. As ruas foram tomadas pela água, que invadiu imóveis.

Moradores contaram que um barranco chegou a ceder na entrada da cidade e deixou parte da pista interditada.

Algumas pessoas também se arriscaram no meio da água para resgatar dois idosos que ficaram ilhados em casa.

Segundo a Defesa Civil, o Rio do Peixe não comportou o volume de água e moradores perderam tudo. Várias pessoas foram retiradas de casas, mas não houve vítimas. A água estava baixando nesta quinta e uma ponte foi condenada.

Os maiores volumes foram registrados em: Ataleia (119,8 mm), Alvinópolis (117,4 mm) e Ipatinga (99,2 mm).

A previsão de chuva continua para esta quinta por causa da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) que traz muita umidade da Amazônia para Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo. Há muitas áreas de instabilidade sobre esses estados.