A rede norte-americana McDonald’s, um dos maiores símbolos do capitalismo mundial até pouco tempo atrás, recebeu uma autuação da prefeitura de Bauru (SP) devido a uma polêmica com os banheiros multigênero “comunistas” adotados em sua unidade do interior de São Paulo.

“Quero que todos vigiem. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha”, alertou uma mulher em um vídeo que viralizou na última semana.

A prefeita Suéllen Rosim (Patriota) já havia afirmado em rede social que providências seriam tomadas contra a unidade e que as exigências sanitárias do município não foram cumpridas pela lanchonete.

“Em relação a um vídeo que circula na internet sobre os banheiros de uma rede de lanchonete em Bauru, a Vigilância Sanitária esteve no local e as exigências do Código Sanitário do município não estão sendo cumpridas “, escreveu Suéllen Rosim.

Segundo a Vigilância Sanitária, o Código Sanitário estipula que “sanitários devem ser separados e identificados, para cada sexo.”

O McDonald’s tem 15 dias para se manifestar sobre os banheiros multigênero.