Foto: Google / Reprodução

A mãe da adolescente de 13 anos está presa e o pai está em uma clínica de reabilitação. Ela era estuprada por dois familiares

Os estupros sofridos por 8 anos por uma adolescente de 13 anos foram descobertos depois que a vítima passou mal na rua com fortes dores abdominais e foi socorrida até um hospital em Ipatinga, no Vale do Aço, nesta quinta-feira (18). 

De acordo com a Polícia Militar, na unidade de saúde, a menina contou que era estuprada desde os 5 anos por dois homens, de 53 e 65 anos, que eram casados com uma prima e uma tia dela.

A adolescente disse que a última vez que foi estuprada foi há cerca de 20 dias e que não se lembrava qual dos dois suspeitos tinham cometido o crime. O Conselho Tutelar foi acionado e a menina ficou sob a guarda do órgão já que o pai dela está em uma clínica de reabilitação e a mãe está presa.

A menina disse que sentia dores abdominais porque tinha cometido um ato com o intuito de suicidar. Ela disse que já tinham contado sobre os estupros para a família, mas ninguém acreditava nela.

O Disque 100 recebe, analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionadas aos seguintes grupos e/ou temas:

  • Crianças e adolescentes
  • Pessoas idosas
  • Pessoas com deficiência
  • Pessoas em restrição de liberdade
  • População LGBT
  • População em situação de rua
  • Discriminação ética ou racial
  • Tráfico de pessoas
  • Trabalho escravo
  • Terra e conflitos agrários
  • Moradia e conflitos urbanos
  • Violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais
  • Violência policial (inclusive das forças de segurança pública no âmbito da intervenção federal no estado do Rio de Janeiro)
  • Violência contra comunicadores e jornalistas
  • Violência contra migrantes e refugiados
  •  Pessoas com Doenças Raras

Fonte: O tempo