Pedro foi encontrado por funcionários de uma pousada, caído em uma área de mata

O corpo de Pedro Nunes Barbosa, de 46 anos, que estava desaparecido há 38 dias, foi encontrado na noite de sábado (20) por funcionárias de uma pousada em Monte Verde, Minas Gerais. O homem parou de dar noticias desde dia 12 de outubro, quando seguia para a cidade mineira após receber proposta de emprego.

O corpo foi localizado em área de matagal. Não há informações se havia marcas de agressão, porém todos os documentos foram encontrados no bolso da bermuda da vítima, que foi enviada ao IML (Instituto de Medicina Legal) de uma cidade vizinha para exames necroscópicos que indicará a causa da morte.

Desaparecimento- Pedro saiu de casa dia 11 de outubro em uma van com cerca de 20 colegas a caminho do Distrito de Monte Verde (MG). Ao chegar, a vítima ligou para a mãe e avisou que estava bem e que a viagem foi tranquila. O último contato com a família foi no dia seguinte.

Conforme apurado pelo Arapuá News, a mãe de Pedro ligou para um colega que informou que o homem teria participado de um churrasco feito pelo patrão e ao chegar no alojamento, já a noite, teve uma convulsão. Ao recuperar a consciência, dormiu um pouco e depois disse que iria comprar cigarro e não voltou mais.

A família recebeu um telefonema de um encarregado da empresa 48h após o desaparecimento do filho. Na sequência Eliza procurou a delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas para registrar o desaparecimento do rapaz. Ela também tentou entrar em contato com as autoridades policiais da cidade mineira, mas não obteve retorno.

Eliza foi para a cidade mineira acompanhada de um sobrinho e um amigo. Na cidade eles foram recebidos por um casal de moradores, que ofereceu abrigo para a família durante as buscas por Pedro.