Divulgação: PCMG

Em decorrência de uma investigação de estelionato, a Polícia Civil de Minas Gerais, em João Monlevade, região Central do estado, prendeu preventivamente, nessa quarta-feira (12/6), um homem, de 35 anos, suspeito de aplicar diversos golpes no município e no entorno. Uma das vítimas trata-se de um idoso, de 81 anos, com quem o investigado teria negociado a compra de três cabeças de gado, gerando prejuízo estimado em mais de R$ 10 mil.

Por meio do trabalho de apuração desse fato, ocorrido em janeiro, a equipe da Delegacia de Polícia Civil em João Monlevade também identificou um suspeito de receptação, de 39 anos, contra o qual foi cumprido mandado de busca e apreensão também ontem. No endereço alvo, uma mulher, de 36 anos, e um homem, de 45, foram conduzidos à unidade policial por estarem em posse de drogas. Com eles ainda foram apreendidos dinheiro e celulares.

A investigação dos crimes patrimoniais será concluída nos próximos dias com a remessa do inquérito policial ao Ministério Público. Além disso, com base nos desdobramentos referentes ao cumprimento dos mandados de busca e apreensão, serão feitos novos levantamentos para esclarecer eventual vínculo entre todos os indivíduos e a possível participação em outros crimes.

O homem de 35 anos, já indiciado anteriormente pela prática de outros delitos contra o patrimônio, foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça.